Um saltinho à ilha das Berlengas

Querem uma sugestão para aproveitarem um fim de semana de verão? Vão até à Ilha das Berlengas, que fica perto de Peniche.
A aproveitar precisamente um feriado do nosso querido mês de agosto lá fui eu com um grupo de amigos conhecer a famosa ilha. Para dormir optámos por alugar uma casa no centro de Peniche que ficava bem perto da Marina e do Porto de embarque.
A deslocação para a ilha é realizada por várias empresas, nós escolhemos a mais conhecida, Viamar. Os preços de ida e volta no mesmo dia são 20€ (adulto) e existem várias opções de horário (é possível reservar os bilhetes com antecedência pelo site ou comprar no próprio dia no balcão, mas atenção que pode esgotar). Se a ideia é aproveitar a praia aconselho-te a apanhares o primeiro barco do dia, porque como a praia é pequena fica cheia num piscar de olhos.
A viagem para a ilha dura cerca de 30 a 40 minutos, a dada altura há imensa ondulação por isso se tens tendência a enjoar o melhor é tomares um comprimido antes da viagem e levar outro para o regresso.
À chegada somos presenteados com a beleza natural deste cantinho, principalmente a água cristalina e de tom esverdeado.
A ilha é composta por um farol, um forte, grutas, um restaurante, mini-mercado e ainda um parque de campismo. É possível pernoitar no parque de campismo (reservar com antecedência), no Forte de S. João Batista e no Hotel Pavilhão Mar e Sol (mais detalhes aqui).
Depois de aproveitar a praia nada melhor que fazer um trilho, observar a paisagem, passando pelo farol e pelo forte. Fica descansado(a) que existem indicações sobre o trilho pelo percurso fora. Ainda existe a possibilidade de visitares as grutas ou de te aventurar pelo mergulho ou canoagem.
Com o fim do dia a aproximar-se apanhei o barco de regresso que desta vez deu mais sossego aos passageiros. Foi uma viagem tranquila.
Boas viagens!

You may also like

Leave a Reply