Browsing Category:

Bélgica

  • Roteiro de 1 dia em Bruxelas

    Porquê apenas 1 dia em Bruxelas? Estava de férias na Holanda e pensei – porque não visitar Bruxelas que é logo aqui ao lado?

    Lá me decidi e fui e vim de comboio no mesmo dia. Parti da estação Amsterdam Central e saí na estação Brussels Central. Os bilhetes podem ser comprados online ou nas bilheteiras da própria estação.

    O que não podes perder em Bruxelas:

    Palácio Real

    Este edifício que antigamente servia de residência oficial da realeza belga é actualmente a sede oficial da monarquia. Pode ser visitado gratuitamente entre Julho e Setembro. Mesmo em frente fica o Parque de Bruxelles Warande, não deixes de o visitar.

     

    Parque do Cinquentenário

    Localmente designado por Parc du Cinquantenaire, a maioria dos edifícios foram encomendados pelo Rei Leopoldo II para a Exposição Nacional de 1880 em comemoração ao cinquentenário da independência da Bélgica.

    Catedral de São Miguel e Santa Gúdula

    Esta é considerada a principal igreja católica da Bélgica. A entrada é gratuita, no entanto a visita ao tesouro da Catedral tem o custo de 1€ e a cripta de 2,5€.

     

    Praça Central

    No coração da cidade fica, a que eu considero, a zona mais bonita de Bruxelas. Esta praça é composta por vários edifícios cada um mais soberbo que o seu “vizinho”. Importa referir que a Grand Place (como é localmente designada) é Património Mundial da UNESCO.

    Everard t’Serclaes

    Ao sair da Praça Central sugiro que procures a estátua dourada na rua Charles Bules. Esta é uma homenagem a um cidadão de Bruxelas que foi considerado herói após a sua participação na libertação da opressão do Conde de Flandres. Reza a lenda que a estátua concede sorte e realização de desejos a quem tocar no braço ferido do homem.

     

    Manneken Pis

    Na Rue de L’Etave encontras a famosa estátua de bronze do menino a fazer xixi. Este é símbolo e a mascote da cidade, mas prepara-te, podes-te desiludir com os seus sensivelmente 60 centímetros.

    Átomo

    Nada mais nada menos que uma construção em forma de molécula gigante, considerada o ícone da Feira Mundial de Bruxelas em 1958.

    Na minha opinião a visita ao átomo é obrigatória, ainda para mais no topo tens uma visão de 360graus sobre a cidade.

    Para chegares ao Átomo basta saíres na estação de metro Heizel (linha 6). Está aberto todos os dias das 10h às 18h (atenção que as portas de entrada fecham ás 17.30h). Os preços são acessíveis, variam entre os 6€ e 12€. Para mais detalhes espreita o site oficial.

     

    Galerias Saint-Hubert

    Trata-se da primeira galeria coberta construída na Europa, é um espaço repleto de lojas com marcas famosas, de alta costura, joalharias, boutiques, lojas com os chocolates mais conhecidos do país, entre muitas outras.

     

    A não esquecer:

    Falar de Bruxelas e não incluir a banda desenhada ou o chocolate é impossível. Quando caminhares pelo centro histórico repara nas fachadas dos prédios com retratos e ilustrações de várias personagens de banda desenhada como o TinTin, Asterix, Lucky Luke, etc.

    Em terra de chocolate, waffles e de cerveja é paragem obrigatória qualquer lojinha, café ou esplanada para experimentar as especialidades “da casa”.

    Onde comer: procura a Rue des Bouchers, conhecida como barriga de Bruxelas, onde irás encontrar vários restaurantes com diferentes tipos de cozinha.

    Boas viagens!